A Feira do Aprazível vai mudar de horário a partir de Maio

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Groairenses pelo Mundo- 6 ª Edição - Dr. Raimundo Nonato Ximenes- O Senhor do Montese.

Como já antes anunciado, lançamos hoje a 6 ª história do "Groairenses pelo mundo", quadro que vai apresentar personalidades groairenses, que por um motivo ou outro, saíram de nossa terrinha para fazer historia em outros lugares. Então conheça hoje a historia do Dr. Ximenes. CONFIRA:







Raimundo Nonato Ximenes, Filho de José Alves Ximenes e Jandira Rocilda Cavalcante, nasceu em Groaíras, no dia 15 de janeiro de 1923, onde foi agricultor até os 21 anos.

Quando o agricultor Raimundo Nonato Ximenes ganhou o mundo, levantando pouso das lavouras de Groaíras, a 220 quilômetros de Fortaleza, não tinha em mente que, alistando-se no Exército e servindo por sete meses num paiol, estaria embarcando numa aventura maior que a da guerra. O coração, àquela altura, batia que nem louco em duas direções geográficas diferentes: de um lado, a cidadezinha sertaneja, onde deixara uma noiva caprichosa à espera; do outro, o front de batalha, onde muitos amigos haviam perecido.

À noite, o rapazote de pouco estudo calhava de matutar, mas a cabeça não se resolvia. Até que o tempo passou. Com uma mãozinha dos cearenses que engrossavam a Força Expedicionária Brasileira (FEB), a 2ª Guerra Mundial acabou apenas alguns dias depois de vencida a sangrenta batalha de Montese, no norte da Itália. O ex-lavrador se lembraria depois: “Aqueles foram tempos em que a cobra fumou até o cachimbo cair”.

Ximenes, que já vinha se aprumando nas letras na escolinha do quartel, despachado da lide militar, viu-se guiando ônibus pelas ruas de Fortaleza. Insatisfeito com a parca ciência e varado de saudade da mulher, deliberou consigo, debaixo do teto da casa de taipa: vou estudar, me formar, fazer uma casa e me casar. Assim foi.

De agricultor a estudante de odontologia. De passagem, ajudou a inventar um bairro. Aos 91 anos, pai de sete filhos, guardador de 23 netos, herói de treze bisnetos, Ximenes só fica sério quando precisa deixar uma coisa bastante clara: a vida é muito boa.

Foi motorista de ônibus até 12 de outubro de 1948, quando foi nomeado servente da 1ª Junta de conciliação e julgamento de Fortaleza(1ª Vara do Tribunal do Trabalho da 7ª Região) de onde se aposentou no cargo de analista judiciário. Em dezembro do mesmo ano, casou-se com Libânia Feijão Ximenes(LILI).

Despertando para os estudos iniciou o curso primário concluindo-o em 1950; em 1955, concluiu o ginasial, em 1958, o cientifico no Liceu do Ceará; em 1960 enfrentou o vestibular para o curso de Odontologia, na Universidade Federal do Ceará(UFC) ficando em 3º entre os aprovados. Em 1963 graduou-se Cirurgião dentista, profissão que exerceu por mais de 40 anos. 

Mas onde seus dons também apareceram, e se destacaram, foi na escrita, além de ser autor de alguns livros, também por muito tempo foi correspondente de vários jornais e revistas. Faz parte da Associação Cearense de imprensa(ACI), da Associação Cearense de Jornalistas do Interior(ACEJI), da qual exerceu a presidência no período de 1971 a 1973. É sócio benemérito da Associação Nacional dos Veteranos da FEB-CE. Faz parte ainda do Sindicato dos Correspondentes de jornais, Rádio e televisão.

Numa lista enorme de homenagens e títulos, destacamos o titulo de cidadão de Fortaleza em 1992, em 1993 foi homenageado pela Câmara de Groaíras com a medalha Pe. Mororó, Em 2002 foi homenageado pela prefeitura de Montese(Itália) com uma placa de prata, comemorativa aos 56 anos de fundação do bairro de Montese em Fortaleza. 

Em 2003 recebeu titulo de cidadão honorário  daquela cidade Italiana. em 2004 recebeu homenagem do Conselho Federal de Odontologia e da Câmara Municipal de Fortaleza com diploma e Troféu Compromisso com a cidadania. 

Em 2005 foi homenageado com a medalha Marechal Mascarenhas de Morais pela associação Nacional dos veteranos da FEB, ocasião em que recebeu também do Instituto Montese uma placa de Prata como reconhecimento do povo do bairro pelo que tem feito pelo bem-estar de sua comunidade. 

Em 2009, foi condecorado com a medalha dos Heróis Expedicionários do Ceará em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à memória da FEB. 

Em 2010 foi homenageado pela Academia Brasileira de Medalhística Militar, com a medalha Tributo à Batalha de Montese, no mesmo ano, foi agraciado com uma placa de honra ao mérito, pela Assembléia  Legislativa do Estado do Ceará. Em 2010, ainda, foi agraciado pelo município de Groaíras com o Troféu Carnaúba de Cultura por seu destaque na Literatura cearense. Em setembro de 2010, recebeu  da Academia Cearense de Odontologia o diploma honra ao mérito cultural,  como reconhecimento a sua atuação na literatura cearense. 

Em 2011, foi homenageado pela ACEJI com a comenda jornalista Dutra de Oliveira, pelos relevantes trabalhos prestados a comunicação e a sociedade cearense. 

Em 2013, foi homenageado pela câmara municipal de Fortaleza, com a medalha Boticário Ferreira, além também de ter sido homenageado pela Assembleia Legislativa do Estado do Ceará com a comenda comemorativa dos 50 anos de fundação da ACEJI, entidade essa que Dr. Ximenes já presidiu. Essas são apenas algumas das muitas homenagens que o Dr. Ximenes já recebeu.

Sem duvida é um exemplo para todos, que nunca é tarde para fazer historia, o mesmo nos contou que até os 21 anos o mesmo era analfabeto (de pai e mãe, como ele mesmo brincou), mas iniciou os estudos e se formou como Cirurgião Dentista. se destacou na literatura e no jornalismo, e hoje é considerado "O Senhor do Montese", por ter fundado o bairro montese, em Fortaleza. Para completar, o Dr. Ximenes também foi homenageado pelos correios com um selo, dedicado a ele.

Dr. Raimundo Nonato Ximenes, é a nossa 6ª personalidade do "Groairenses pelo mundo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário