segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Nutrição com Dra. Iana Melo - “VIROSE DA MOSCA...UMA ALERTA !”



Nestas ultima semanas, quem é ligado nas noticias pode perceber que um assumo está sendo constantemente abordado ( Virose da Mosca), desde noticias em blogs, rádios, jornais, os meios de comunicação em geral vem nos alertando e nos mostrando o quanto esta crescente este problema de saúde pública.

A Virose da mosca é transmitida pelas Musca doméstica, popularmente conhecida como “ moscas” .

Que são os insetos que mais tem contato com todo tipo de superfícies, os agentes transmissores dessa doença podem ser vírus ou bactérias, são facilmente transportadas pelas moscas que ao pousar deixam alojadas em alimentos ou até na água, que se consumidos trazem problemas a saúde.

Os principais sintomas são:




Alguns casos são curados apenas com internação hospitalar, mas se você tem algum desses sintomas, então procure um médico, não tome remédios sem indicação especializada.

Mas alguns cuidados podem ser redobrados, tais como:

* Não deixe alimentos em livre contato para as moscas;

* Lave bem as mãos e os alimentos quando for manipular ou come-lós;

* Use embalagens plásticas ou plástico filtro ( envelope os alimentos);

* Cuidado com os utensílios ( copos, talheres, pratos, conchas, panelas e etc.)

* Mantenha sempre sua casa e principalmente a cozinha sempre bem limpas;

* Mantenha as lixeiras com tampa e sempre coloque os resíduos orgânicos ( comidas) em lixeiras próprias com tampa e fechadas com saco plástico;

* Não use desinfetante com cheiro, atrai as moscas e

* Cuidado com os inseticidas , podem contaminar os alimentos.


Uma forma eficaz é o uso de armadilhas feitas com garrafas PET, que além de não fazerem uso de químicos nocivos, reaproveitam materiais. Veja como fazer a sua:

Materiais necessários:

• 200 ml de água; • 50 gramas de açúcar mascavo; • 1 grama de fermento biológico de pão, (encontra em qualquer supermercado ou padaria); • 1 garrafa PET de 2 litros; • 1 tesoura ou estilete; • fita adesiva preta, ou algo preto para cobrir a parte inferior da garrafa;

Modo de fazer:

1. Corte uma garrafa de plástico ao meio;

2. Misture o açúcar mascavo com água quente. Espere esfriar. Depois de frio despeje o conteúdo na metade inferior da garrafa;

3. Acrescente o fermento biológico à garrafa;

4. Faça um furo na tampa da garrafa, de modo que haja um local para as moscas entrarem;

5. Coloque a parte do funil, virada para baixo, dentro da outra metade da garrafa (parte inferior);

6. Enrole a garrafa com a fita adesiva preta, apenas na parte inferior, e coloque em algum local ventilado.


Anotou tudo? Espero que essas dicas ajudem!

Abraço a todos!

Confira também as colunas anteriores. Basta Clicar Aqui.

Fica a dica ! Procure sua Nutricionista!

Sobre a Colunista:


Dra. Iana Melo


Nutricionista Especialista em Saúde Pública e Personal Diet
Nutricionista Clínica em Clínica Médica Dr. Timbó - Groairas - CE.
Nutricionista Clínica em Clínica Integrada de Atenção á Saúde ( CIAS) - Sobral - CE.
Gerente da Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) - Assaí Atacadista - Sobral - CE.


Áreas de atuação : - Consultoria e Palestras em Nutrição- Personal Diet- Doenças Crônicas- Nutrição Esportiva.

Está coluna é um oferecimento:

Nenhum comentário:

Postar um comentário